Autovivência do Sinergismo Projeção Consciente – Cosmoética

Autores

  • Graça Berbigier IIPC

Palavras-chave:

cosmoética, Projeciologia, sinergismo

Resumo

O embasamento deste artigo emana das autorreflexões sobre o sinergismo entre a projeção consciente e a cosmoética, pilares evolutivos alicerçados pelas Ciências Projeciologia e Conscienciologia. O texto apresenta apreensões teóricas de experiências espontâneas e anímicas, orientadas pelos tratados de autoria de Waldo Vieira (WV). A autora reforça em suas vivências a tese apresentada por WV de que todas as consciências inevitavelmente passarão pela experiência lúcida fora do corpo para dinamizar a evolução da autocosmoética. Este artigo traz hipóteses de que o esforço, a persistência e a manutenção da autopesquisa projeciológica, favorecem à compreensão dos princípios cosmoéticos; enquanto a vivência aplicada destes princípios, ampliariam a lucidez e o tempo de permanência da conscin projetada, em estágios de ascendência na escala do estado de consciência contínua. Ao final, apresenta considerações referentes à satisfação íntima e libertação nas interrelações, alcançados pela aplicação lúcida do sinergismo cosmoética-projeção consciente, considerado na autopesquisa, vetor propulsor da qualificação ascendente da interassistencialidade.

Biografia do Autor

Graça Berbigier, IIPC

Bacharel em Ciências Jurídicas; voluntária da Conscenciologia desde 1999; professora de Conscienciologia desde 2007.

Downloads

Publicado

2020-11-08

Como Citar

Berbigier, M. da G. (2020). Autovivência do Sinergismo Projeção Consciente – Cosmoética. Homo Projector, 7(01), 206–218. Recuperado de https://homoprojector.iipc.org/index.php/homoprojector/article/view/261