Taxologia Parafenomenológica: Autovivências na Dinâmica da Clarividência Facial

Autores

  • Marlene Salete Comiotto IIPC

Palavras-chave:

autoexperiências, fenômenos parapsíquicos, parapsiquismo

Resumo

O artigo registra as vivências parapsíquicas da autora entre os meses de março a dezembro de 2017, na Dinâmica da Clarividência Facial, realizada no Centro Educacional de Autopesquisa (CEA), em Florianópolis (SC). Aborda as autoexperimentações nos acoplamentos de interfusão energética realizados entre a autora e coadjutores nas práticas regulares da dinâmica. A hipótese autopesquisística consistiu que a taxologia parafenomenológica configuraria valiosíssimo instrumento de captação ideativa das realidades intra e extrafísica, ampliando o potencial intelectivo parapsíquico. Para tanto, a autora lista, em ordem alfabética, 43 fenômenos psíquicos, classificados em 5 grupos em ordem funcional sob a ótica da especialidade Parapercepciologia. A taxologia dos parafenômenos configurou afilamento ao nível de apreensibilidade quanto aos achados parapesquisistícos.

Biografia do Autor

Marlene Salete Comiotto, IIPC

Graduada em Serviço Social; especialista em Ciências da Educação; empresária. Conheceu a Conscienciologia em 1995; voluntária em diferentes IC desde 1998 (IIPC; Reaprendentia; Encyclossapiens; Orthocognitivus); docente desde 1999; tenepessista a partir de 2001.

Downloads

Publicado

2020-10-27

Como Citar

Salete Comiotto, M. (2020). Taxologia Parafenomenológica: Autovivências na Dinâmica da Clarividência Facial. Homo Projector, 5(02-II), 187–197. Recuperado de https://homoprojector.iipc.org/index.php/homoprojector/article/view/219