Mudança de Holopensene de uma Cidade para Outra como Agente Otimizador de Reciclagens

Autores

  • Manuela do Carmo IIPC

Palavras-chave:

holopensene, intencionalidade, mesologia, reciclagens

Resumo

Este artigo tem por objetivo promover a autorreflexão por meio de apresentação da casuística pessoal. O aprofundamento da autora em sua autopesquisa evidenciou a necessidade de mudança de cidade do interior do estado do Rio Grande do Sul, para Foz do Iguaçu, no estado do Paraná. A mudança foi motivada pelo interesse em aprofundar os estudos da Conscienciologia de maneira a otimizar reciclagens pessoais na superação de comportamentos anacrônicos e arraigados. As experiências relatadas ocorreram no período de 2012 a 2018, momento em que esta autora observou incompatibilidades entre sua maneira de ser e sua intencionalidade, reconhecendo a influência do holopensene local. A mudança proporcionou a otimização das suas reciclagens, pelo melhor aproveitamento do holopensene local de destino.

Biografia do Autor

Manuela do Carmo, IIPC

É acadêmica de Letras, Licenciatura Língua Portuguesa/Língua Inglesa e Ciências Contábeis. Voluntária da Conscienciologia desde 2013; docente desde 2015, verbetógrafa.

Downloads

Publicado

2020-10-27

Como Citar

do Carmo, M. (2020). Mudança de Holopensene de uma Cidade para Outra como Agente Otimizador de Reciclagens. Homo Projector, 5(02-I), 180–191. Recuperado de https://homoprojector.iipc.org/index.php/homoprojector/article/view/197