A Construção da Interconfiança na Relação Amparador-Amparado

Autores

  • Felipe Oliveira Silva ASSINVÉXIS

Palavras-chave:

amparador extrafísico, confiança mútua, convivialidade, multidimensionalidade

Resumo

A construção da interconfiança mostra-se essencial para a qualificação da relação amparador-amparado, onde o amparador/consciex se aproxima da conscin ou grupo de conscins amparadas com finalidades assistenciais benéficas ao desenvolvimento das atividades. Neste contexto, o presente artigo tem como objetivo apresentar conceitos e técnicas para subsidiar futuras reciclagens íntimas da consciência. A metodologia utilizada fundamenta-se nas observações e parapercepções ocorridas no dia a dia do autor e o embasamento teórico foi obtido através de consulta bibliográfica. Para delinear o presente artigo, desenvolveu-se estrutura que abordasse desde a confiança, a interconfiança e a lealdade evolutiva, até o parapsiquismo e o voluntariado conscienciológico. Os resultados obtidos foram a qualificação de hábitos e posturas para a construção da interconfiança na relação amparador-amparado, melhorando a interação multidimensional e desconstruindo o traço da desconfiança.

Biografia do Autor

Felipe Oliveira Silva, ASSINVÉXIS

Graduado em Engenharia de Produção, voluntário da Associação Internacional de Inversão Existencial (ASSINVÉXIS); docente da Conscienciologia desde fevereiro de 2015; tenepessista desde maio de 2015.

Downloads

Publicado

2020-10-23

Como Citar

Oliveira Silva, F. (2020). A Construção da Interconfiança na Relação Amparador-Amparado. Homo Projector, 4(01), 08–22. Recuperado de https://homoprojector.iipc.org/index.php/homoprojector/article/view/147

Edição

Seção

Artigos